63,00%


Ajude - nos!
Faça o seu depósito no
              Banese - Ag. 051 
              C.C: 03/100.111-9
Faltam4 dias
Peça sua Oração
Peça sua Música
Reclamações

Notícias

Foto divulgação
07/05/2015

Francisco: O esporte ajuda a superar as injustiças

Cidade do Vaticano (RV) - O Papa Francisco recebeu na manhã desta quinta-feira (10/05), na Sala Paulo VI, no Vaticano, cerca de sete mil pessoas da Sociedade Esportiva Lácio.

Depois de dar as boas-vindas ao grupo, o pontífice frisou em seu discurso, que nesses 115 anos de vida a Sociedade Esportiva Lácio se esforçou em manter os ideais que caracterizaram as suas origens. 

“No ano de 1900, o grupo de jovens tomou a iniciativa de criar uma sociedade esportiva que fosse acessível aos jovens do povo e que perpetuasse os valores morais e éticos do esporte. Naquele tempo, o esporte era prerrogativa das pessoas abastadas. A intenção daquele grupo fundador era a de difundir o esporte em todos os níveis e em todas as categorias sociais”, disse Francisco. 

O Papa encorajou o grupo a continuar sendo acolhedor e a valorizar os talentos diferentes. “Que essa sociedade esportiva seja sempre uma casa aberta, onde se possa viver a fraternidade e a harmonia entre as pessoas”, destacou.

Nascida como pequena realidade de atletismo, a Lácio se enriqueceu, durante os anos sucessivos, com várias atividades associadas e se articulou em várias seções esportivas que contam com a adesão de sócios, atletas e apoiantes de todas as idades, unidos pelo espírito olímpico comum e pelo desejo de solidariedade recíproca. 

“O merecimento da Sociedade Esportiva Lácio é o de ter trabalhado para dar dignidades iguais a todos os esportes. Na Itália, como também em meu país, Argentina, corre-se o risco de falar sempre de futebol e transcurar os outros esportes. Toda disciplina esportiva tem o seu valor, não somente físico ou social, mas também moral, e oferece a possibilidade às pessoas, especialmente aos adolescentes e jovens, de crescerem no equilíbrio, no autocontrole, no sacrifício e na lealdade aos outros”, sublinhou ainda o Papa. 

A Bíblia nos ensina que a pessoa humana é uma coisa só, espírito e corpo. “Encorajo todos vocês a cultivarem sempre, junto com a atividade esportiva, a dimensão religiosa e espiritual. Muitas vezes acontece que um garoto ou uma garota, por causa de treinamentos e competições, deixam de ir à missa ou à catequese. Este não é um bom sinal, quer dizer que se perdeu a escala de valores. Também não se deve transcurar os estudos, as amizades e o serviço aos pobres. Graças a Deus, temos exemplos bonitos de homens e mulheres esportistas, e também de grandes campeões, que não deixaram de viver a fé e o serviço ao próximo. Na realidade, o verdadeiro esporte favorece a construção de um mundo mais fraterno e solidário, contribuindo para a superação de situações de injustiça e desconforto humano e social”, frisou Francisco.

 

 

Fonte: Rádio Vaticana 

Deixe seu Comentário

Ainda não há comentários, seja o primeiro a comentar.

Seu Nome:

Seu E-mail:  (Não será divulgado)

Comentários:
   Página de 6     ( Total de Registros: 53 )

 

 
© Copyright 2009  Rádio Cultura de Sergipe
Rua Simão Dias, 643  Centro · Aracaju/SE
(79) 3226-8710 · 3226-8704 · 3226-8700  |  cultura@cultura670.com.br
 
 
 
Desenvolvido por Forma&Cor - Comunicação e Design