64,00%


Ajude - nos!
Faça o seu depósito no
              Banese - Ag. 051 
              C.C: 03/100.111-9
Faltam4 dias
Peça sua Oração
Peça sua Música
Reclamações

Notícias

02/09/2014

02.09.2014 - Quinze sofrimentos e dores secretas de Nosso Senhor

Quize Sofrimetos e dores secretas de Nosso Senhor Jesus Cristo.

 

Nosso Senhor Jesus  Cristo, o Senhor, revelou verbalmente à devota que amava a Deus, Irmã Maria Madalena da Ordem de Santa Clara, que vivia em Roma e faleceu em odor de santidade.

Cristo atendeu ao pedido desta Irmã, que queria saber algo sobre Seus sofrimentos secretos. Ele lhe apareceu e lhe revelou quinze dores que Ele sofreu na noite antes da Sua morte. Cristo lhe disse:

“Os judeus Me consideraram como o pior homem que, naquela época, estava sobre a face da terra. Por isso:

- amarraram com uma corda os Meus pés e Me puxaram sobre uma escada até um porão imundo e fedorento;

- despiram-Me e perfuraram Meu corpo com pontas de ferro;

- amarraram uma corda em Meu corpo e Me arrastaram pelo chão para lá e para cá;

- prenderam-Me num pedaço de madeira e Me deixaram pendurado até que eu escapei e caí; sobre esta dor derramei lágrimas sangrentas;

- amarraram-Me num poste e perfuraram Meu corpo com diversas armas, atiraram pedras sobre Mim e Me queimaram com brasa e tochas;

- perfuraram-Me com sovelas e lanças e rasgaram a pele e a carne do Meu corpo e das Minhas veias;

- amarraram-Me a uma coluna e Me puseram de pé sobre uma folha de zinco ardente;

- coroaram-Me com uma coroa de ferro e vedaram Meus olhos com os panos mais imundos;

- sentaram-Me sobre uma cadeira que estava cheia de pregos pontiagudos, que perfuraram Meu corpo, deixando buracos fundos nele;

- derramaram sobre Minhas feridas chumbo líquido e piche, e Me derrubaram da cadeira;

- fincaram-Me, para Minha humilhação e sofrimento, agulhas nos buracos onde haviam arrancado Minha barba;

- atiraram-Me sobre uma cruz, na qual Me amarraram tão forte e duramente, que quase não conseguia mais respirar;

- pisaram sobre Minha cabeça até ao chão - um estava parado com o pé sobre Meu peito e Me fincou um espinho da minha coroa na Minha língua;

- derramaram a mais repugnante imundície na Minha boca;

- usaram as mais vergonhosas expressões contra Mim, amarraram Minhas mãos sobre as costas, e conduziram-Me  para  fora  da cadeia com muitas pancadas e chicotadas e Me bateram muitas vezes.”

Então falou Cristo: __“Minha querida filha!” Eu desejo que reveles aos outros esses quinze ocultos sofrimentos e dores, a fim de que sejam meditados e venerados. Quem Me oferecer,  por amor, diariamente um desses sofrimentos ocultos e rezar devotamente a oraçãono dia do juízo, Eu o quero recompensar com a felicidade eterna.

Oração

“Meu Deus e Meu Senhor!

É minha vontade inabalável honrar-Te, louvar-Te e adorar-Te, pelos quinze sofrimentos secretos e pelo sangue derramado.

Tantos quantos são os grãozinhos de areia no mar, tantos grãos na roça, tanta grama sobre a terra e tantas frutas nas árvores, tantas folhas nos galhos, tantas flores nos prados, tantas estrelas no firmamento, tantos anjos no céu e tantas criaturas na terra: tantas milhares de vezes seja bendito e glorificado o muito  amado Senhor Jesus Cristo, Seu Sagrado Coração, Seu Preciosíssimo Sangue, o Divino Sacrifício da Santa Missa, o SS. Sacramento do Altar, a SS. Virgem Maria, pelos gloriosos nove Coros dos  Anjos e a bendita multidão dos Santos, sejam benditos e glorificados por mim e por todos os homens, desde agora até a eternidade.

Igualmente desejo, meu querido Jesus, agradecer-Te, servir-Te e satisfazer-Te, retribuir-Te por toda humilhação e pertencer-Te de corpo e alma.

Tantas vezes desejo também arrepender-me de meus pecados e a Ti, meu Senhor e Deus pedir perdão, oferecer ao Eterno Pai todos os Teus merecimentos pelos meus pecados, fazer o firme propósito de melhorar a minha vida e pedir por uma boa hora de  morte e invocar-Te pela redenção das almas do Purgatório. Esta intenção desejo renovar, cada hora, e permanecer nela até a morte.

Eu Te peço, ó  bom e digníssimo Jesus, que queiras confirmar no Céu, este meu anseio cordial e não permitas que pelos homens e ainda menos pelo espírito maligno seja aniquilado. Amém”.

 

(Foi aprovado pelo Papa Clemente XII e pela Santa Congregação e Sacro Colégio de propaganda.)

 

 


Fonte/Autor: www. padresanto.com.br

Deixe seu Comentário

Ainda não há comentários, seja o primeiro a comentar.

Seu Nome:

Seu E-mail:  (Não será divulgado)

Comentários:
   Página de 10     ( Total de Registros: 93 )

 

 
© Copyright 2009  Rádio Cultura de Sergipe
Rua Simão Dias, 643  Centro · Aracaju/SE
(79) 3226-8710 · 3226-8704 · 3226-8700  |  cultura@cultura670.com.br
 
 
 
Desenvolvido por Forma&Cor - Comunicação e Design